Utilizamos cookies próprios e de terceiros para disponibilizar os nossos serviços e recolher informação estatística. Se continuar a navegar no Site, aceita a sua instalação e a sua utilização. Pode alterar a configuração ou obter mais informação sobre a nossa política de cookies.

Áreas
Menu
pt

Vermelhidão facial

O que é uma pele sensível com vermelhidão facial?

É uma pele que reage de forma excessiva, ficando vermelha e causando sensações desagradáveis (repuxamento, ardência, formigueiro, prurido) face a estímulos que habitualmente não provocam estas reações.

A exposição recorrente a estes fatores desencadeadores provoca a vasodilatação dos capilares cutâneos faciais. Inicialmente, esta vermelhidão (ruborização) é transitória; pode-se definir como uma sensação de calor acompanhada de um avermelhamento visível da pele.

ALIMENTOS ESPECIADOS

ESTILO DE VIDA URBANO

EXPOSIÇÃO SOLAR

BEBIDAS QUENTES

BEBIDAS ALCOÓLICAS E TABACO

ALTERAÇÕES BRUSCAS DE TEMPERATURA

SITUAÇÕES DE STRESS OU EMOCIONAIS

ALTERAÇÕES HORMONAIS (MENOPAUSA)

Com o passar do tempo, a vermelhidão (ou eritrose) torna-se persistente porque os capilares permanecem em estado de vasodilatação permanente. Sem um tratamento adequado, a condição pode evoluir para estádios mais severos, como a rosácea subtipo 1 (eritematotelangiectásica) ou subtipo 2 (papulopustular).

Sinais visíveis da pele sensível com vermelhidão

COR DE PELE NÃO UNIFORME

VERMELHIDÃO NA ZONA DAS MAÇÃS DO ROSTO E NO NARIZ

SENSAÇÃO DE CALOR NAS MAÇÃS DO ROSTO

CAPILARES VISÍVEIS

As sensações desagradáveis de ardência ou prurido no rosto podem ter um grande impacto no bem-estar das pessoas com pele sensível com vermelhidão. Além disso, a vermelhidão tem um efeito visível que, conforme o seu grau, pode afetar o normal desenvolvimento da vida social ou laboral.